41ª Assembléia da ASSEMAE

Informações pesquisadas na Internet. SaneamentoWeb não se responsabiliza pela programação, datas, locais de realização e demais informações pertinentes ao evento. Interessados devem certificar as informações diretamente com a entidade promotora.

 

Fonte: www.assemae.org.br

 
O Desafio da Cooperação Interfederativa é o tema da 41ª Assembléia da ASSEMAE 

 
Evento será realizado de 22 a 27 de maio de 2011 em Campinas, SP, e conta com Feira de Saneamento e Exposição de Trabalhos Técnicos inéditos.
O desafio da Cooperação Interfederativa entre União, estados e municípios é o tema da 41ª Assembléia Nacional que a Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento – ASSEMAE, realizará no período de 22 a 29 de maio de 2011, no Espaço de Eventos do Shopping Iguatemi, em Campinas, SP.
 
“A titularidade municipal e a garantia da gestão pública do saneamento, são pautas sempre presentes para a ASSEMAE, mas propomos avançar a discussão, já que além da desigualdade de condições econômicas, culturais, sociais e administrativas entre municípios e regiões do país, há obstáculos institucionais que dificultam a qualidade da gestão do saneamento no país. E é isso que queremos discutir”, salienta o coordenador da Assembléia e presidente da ASSEMAE, Sílvio José Marques.
 
A gestão pública de qualidade é o desafio permanente e os municípios não são mais o limite das ações. A fronteira do planejamento é a região.
 
A ASSEMAE quer debater o compartilhamento de responsabilidades e descentralização de recursos em muitos casos reduziu a participação dos estados em políticas financiadas pela União. A Constituição Federal, no seu artigo 23, estabelece um modelo baseado em competências comuns para várias políticas públicas. Exercer a competência comum não significa retirar a autonomia do município, mas partilhar poder.
 
Esse princípio, está presente na Política Nacional de Saneamento Básico, que estabelece a solidariedade entre os entes federados para vencer o gigantesco desafio de universalizar o saneamento e tornar este serviço de fato cidadão e integrado às demais políticas urbanas.
 
“O problema de um município é também, muitas vezes o problema do município vizinho. O caminho são as políticas de cooperação, com autonomia, mas sem isolamento. A alternativa é a busca de soluções comuns, estabelecendo relações negociadas, sem hierarquia entre municípios e os demais entes da federação, de forma criativa, participativa e democrática.
 
Mais informações sobre o evento podem ser obtidas em: www.assemae.org.br.
 
 
Postado em 14/04/2011, 12:45 hs.